Aula inaugural de curso da Polícia Militar reúne recorde de 950 novos soldados nesta terça

Na semana em que comemora 182 anos, a Polícia Militar de Santa Catarina ganha um reforço histórico de efetivo. Nesta terça-feira, 2, tem início o curso de formação dos 950 soldados, sendo 866 homens e 84 mulheres, que se apresentaram para a chamada do último concurso público.


A cerimônia será realizada no Centro de Treinamento da PM, na Avenida Madre Benvenuta, 265, Bairro Trindade, em Florianópolis, a partir das 14h, com a presença do governador Raimundo Colombo, do secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, e do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Henrique Hemm. A semana será marcada, ainda, por outras festividades pelo aniversário da PM, celebrado oficialmente na sexta-feira, dia 5.

O governador destaca a importância do ato para a promoção da segurança em Santa Catarina. “São quase mil novos jovens que, a partir de agora, passarão por um treinamento para se habilitarem para a missão de servir à sociedade de uma forma muito nobre, às vezes colocando a própria vida em risco para garantir a segurança das pessoas. Ser policial é uma missão extraordinariamente forte, para pessoas que realmente tem um preparo muito especial”, avalia.

Colombo afirma, ainda, que juntamente ao reforço do efetivo, o Governo de Santa Catarina continuará com investimentos em infraestrutura, renovação de frota e equipamentos e aprimoramento de tecnologia. “Estamos vendo os indicadores de violência aumentando e o crime organizado tentando desafiar a sociedade. Mas a mão do estado tem que ser forte, firme, para garantir a segurança dos catarinenses. Tenho certeza de que com essa ação, Santa Catarina fica ainda mais forte”, acrescenta.

O comandante-geral da PM, coronel Paulo Henrique Hemm, lembra que esse será um ato que entrará para a história da corporação. “Essa formação representará um aumento expressivo do nosso efetivo policial, com o objetivo maior de dar segurança para a comunidade catarinense. É um marco considerável, porque durante nossos 182 anos, nós nunca tivemos um ingresso de policial tão expressivo como estamos tendo no atual governo”, afirma.

O comandante explica que a partir desta terça-feira, os 950 alunos têm o ingresso como policiais militares e participarão de cerca de oito meses de curso. Durante o treinamento, eles serão distribuídos entre Florianópolis e quartéis de outras 15 cidades. Após a formação concluída, os novos profissionais serão efetivamente distribuídos de acordo com critérios técnicos, como aumento populacional de cada cidade, número de ocorrências locais e demandas reprimidas.

O salário inicial do policial militar em Santa Catarina é de R$ 4.845,82. O impacto dos novos convocados será de cerca de R$ 5,2 milhões por mês na folha de pagamento, um total de R$ 70 milhões por ano, considerando 13º salário e férias.

O secretário César Augusto Grubba destaca que, sem contar os novos policiais que estão em formação a partir de agora, Santa Catarina já recebeu, desde 2011, 6.798 novos servidores na área da segurança pública, entre policiais militares, civis, bombeiros, peritos e auxiliares criminalísticos. “É um alento para a segurança, um ganho de fundamental importância para a política de recomposição permanente dos efetivos nas forças de segurança”, destaca. O secretário ressalta, ainda, que exclusivamente na Polícia Militar, 50% do atual efetivo ativo ingressou na atual administração.

Informações: Governo do Estado de SC

Comentários