Programa "Família acolhedora" está com credenciamento aberto

A Prefeitura de Imbituba através da Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação – Seasth, está com inscrições abertas para quem deseja participar do programa “Família Acolhedora”.

O programa é destinado ao acolhimento temporário de crianças e adolescentes em situação de risco ou que tiveram seus direitos ameaçados ou violados, afastados temporariamente de suas famílias de origem por determinação do Poder Judiciário.
Por um tempo determinado, a Família Acolhedora recebe guarda provisória do acolhido e o acompanha em todas as atividades regulares até que suas famílias de origem tenham condições de recebê-lo de volta ou seja encaminhado para adoção.
Para se inscrever no programa, os interessados devem comparecer na Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação – Seasth, situada na Avenida Dr. João Rinsa, 601- Centro. Para mais informações o edital pode ser consultado no link http://bit.ly/EditalProgramaFamíliaAcolhedora.

REQUISITOS
 
É considerada família acolhedora, a família ou pessoa física, sem discriminação de sexo, etnia e estado civil, interessada em ter sob sua guarda e responsabilidade crianças e adolescentes, zelando pelo seu bem estar, de acordo com a legislação vigente, e que preencham os seguintes requisitos: ter 25 anos de idade ou mais, ser residente no município de Imbituba, não possuir antecedentes criminais, não apresentar problemas psiquiátricos e/ou não dependência de substâncias psicoativas, demonstrar disponibilidade de tempo e interesse em oferecer proteção e amor às crianças e adolescentes, não estar inscrita no cadastro de adoção do Juízo da Infância e Juventude.

BENEFÍCIOS
 
A Família Acolhedora será acompanhada pela equipe técnica da Secretaria de Assistência Social, preparando a família para o recebimento da criança ou adolescente, bem como, preparando a criança ou adolescente para o encaminhamento a família. Além disso, acompanhará o desenvolvimento da criança ou adolescente por meio de visitas domiciliares e orientação psicossocial e acompanhará a família de origem, visando à reinserção familiar. As Famílias Acolhedoras independentemente de sua condição social, tem garantia do recebimento de auxílio financeiro.
 Informação ASCOM/PMI

Comentários