Com decisão do STF, processos de Dário Berger e Marco Tebaldi são mandados à 2ª instância




STF reduzir alcance do foro privilegiado de deputados e senadores. Ação contra Berger vai para TRF-4 e contra Tebaldi, para TJ.

Após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) relacionada ao foro privilegiado, o ministro Celso de Mello enviou os processos dos políticos Dário Berger (MDB), atualmente senador, e o deputado federal Marco Tebaldi (PSDB) à segunda instância. 

A ação contra Berger foi enviada ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região. O processo contra Tebaldi, ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina. 

A assessoria de Berger informou que o senador respeita a decisão do ministro. O G1 não conseguiu contato com Tebaldi. 

Em 3 de maio, o STF decidiu reduzir o alcance do foro privilegiado de deputados e senadores somente para aqueles processos sobre crimes ocorridos durante o mandato e relacionados ao exercício do cargo parlamentar. 

Dário Berger responde a uma ação penal em que foi denunciado por supostos desvios na construção de uma rodovia quando era prefeito de São José, na Grande Florianópolis, no ano 2000. Marco Tebaldi é investigado por desvios de recursos públicos. 

G1

Comentários