Evolução do emprego em Santa Catarina.



O estado de Santa Catarina terminou o mês de maio com saldo negativo na geração de empregos, com -4.484 postos de trabalho, uma variação de -0,22% em relação ao estoque do mês anterior. Apesar disso, o setor de Administração Pública apresentou resultado positivo na criação de vagas (+214), seguido de Serviços (+160) e Extrativa Mineral (+58). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (20) pelo Ministério do Trabalho.

Contrariando o resultado estadual, o município de Imbituba apresentou saldo positivo de 31 novas vagas criadas no mês de maio. A administração pública foi o setor que apresentou o melhor resultado.

Veja o quadro abaixo e confira o desempenho por atividade no mês de maio de 2018 em Imbituba.


No quadro abaixo você pode conferir a evolução da geração de emprego mês a mês durante o ano de 2018 no município de Imbituba.


Os municípios de Paulo Lopes, Garopaba, Imarui e Laguna obtiveram saldo negativo em maio de 2018. 


Desempenho regional

Das cinco regiões do país, quatro tiveram saldo positivo no emprego em maio. A principal delas foi a Sudeste, onde foram criadas 30.840 vagas, +0,15% em relação a abril. No Nordeste, foram 10.710 novos postos, um crescimento de +0,17%. O Centro-Oeste gerou 3.962 empregos, uma variação de 0,12% sobre o mês anterior. E o Norte fechou com saldo positivo de 1.560 postos, +0,09% a mais do que a última medição. Apenas o Sul teve desempenho negativo, com o fechamento de -13.413 postos, -0,19%.

Entre os estados, os que se destacaram foram Minas Gerais, com saldo de 19.823 empregos formais; São Paulo (+9.155); Bahia (+5.935); Espírito Santo (+5.001); Maranhão (+2.075) e Mato Grosso (+2.064). Os piores resultados foram registrados no Rio Grande do Sul, que fechou 10.727 vínculos empregatícios, Santa Catarina (-4.484) e Rio de Janeiro (-3.139).

Comentários