Imbituba: Servidores municipais receberão reajuste salarial e outros benefícios


Após uma reunião com os representantes do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Imbituba, o Prefeito Rosenvaldo da Silva Júnior decidiu programar um corte de gastos no orçamento do município. A medida foi tomada para que as solicitações da categoria fossem atendidas.

Na pauta do Sindicato, os representes apresentaram uma série de reivindicações. Da lista sugerida, o chefe do Poder Executivo entendeu que três pontos deverão ser atendidos. São eles: o cumprimento do Piso Nacional do Magistério, que será incorporado em 2019, à concessão de um Plano de Saúde aos servidores, que será licitação nos próximos meses, e a efetivação do Plano de Progressão por Merecimento.

“A gente conversou com os nossos colegas do Sindicato e colocamos para eles as dificuldades que a gente tem com relação ao orçamento desse ano e as dificuldades de arrecadação. É uma realidade do país que reflete, obviamente, no município. Então, alguns pleitos vêm sendo feitos desde o ano passado e a gente tem trabalhado para conseguir essas conquistas aos nossos funcionários”, informou o Prefeito Rosenvaldo da Silva Júnior.

Para atender as solicitações do Sindicado, o município deverá conter gastos, para investir, aproximadamente, R$ 2 milhões por ano. Esses valores deveriam ter sido aplicados pela Administração anterior, mas só agora, os servidores serão atendidos.

“Talvez o maior pleito seja o Piso Nacional dos Professores. A gente está procurando cortar gastos para podermos efetivar esse benefício. Estamos programando isso para 2019 porque, infelizmente, para esse ano, não foi possível. E estamos conseguindo ativar, já para 2018, o Plano de Progressão Horizontal por Merecimento, que desde 2016 estava suspenso”, reiterou o Prefeito de Imbituba.

Comentários