Vigilância em saúde promove feira de cães em Imbituba

 
Dez cães, devidamente tratados e castrados, que estão sob custódia da Vigilância em Saúde da Prefeitura de Imbituba, serão colocados para adoção nesta quarta-feira (22). Os animais, que não sofriam maus tratos, mas viviam de forma acumulada em uma residência, foram recolhidos pelos fiscais do município por determinação da justiça. A feira vai acontecer no estacionamento do Supermercado Althoff, no centro da cidade, a partir das 14 horas.
 
 
“Esses cães não são de rua. São os cachorros que apreendemos por ordem judicial. Até conseguirmos novos donos para os animais, esperamos fazer a feira periodicamente. Mas, quem ficar interessado e quiser conhecer os animais em outro horário, pode procurar a Vigilância em Saúde no período da tarde, falar com a nossa veterinária ou entrar em contato pelo telefone (48) 3255-2046”, disse a Diretora da Vigilância em Saúde de Imbituba, Joana Diniz.
 
 
A responsável pela Vigilância em Saúde de Imbituba orienta que, antes de adotar um animal, seja ele cão ou gato, é preciso que se tenha em mente que, a maioria, vive em média, entre 10 e 15 anos.  E que, durante esse tempo, o tutor será responsável pelo bicho de estimação.
 
A adoção precisa ser responsável. Um cão ou gato deve ter um espaço físico adequado para viver. “O local deverá ser limpo e confortável. Confinar um o bicho de estimação por longos períodos também não é indicado pelos órgãos de proteção”, disse Joana Diniz.
 
Quem adota um animal fica responsável pela manutenção e preservação da saúde dele. Abandonar ou maltratar animais é crime. De acordo com a Lei 9605/98, a pena para os maus tratos pode variar entre três meses e um ano de detenção e multa.

Comentários