Creche de Imbituba será concluída


A construção foi iniciada em 2012, mas a empresa que venceu a licitação na época, não concluiu a obra. No ano de 2016, a construtora responsável pela execução dos trabalhos, entrou com um pedido de falência e abandonou a edificação. De lá pra cá, muita discussão sobre o assunto foi levantada.

Mas, só agora, em 2018, a conclusão do Espaço Educativo Infantil Pró-Infância, de Imbituba, deverá ser sair do papel. O processo de licitação para a obra foi aberto e cinco empresas da região se inscreveram: três de Imbituba, uma de Garopaba e uma de Capivari de Baixo.

Nas tarde desta quinta-feira (30), duas das construtoras foram inabilitadas para o trabalho, por terem apresentado documentação errada. Agora, as empresas terão cinco dias para manifestarem os recursos, requerendo a permanência na disputa pela execução dos trabalhos.

“Se elas apresentarem os recursos, nós teremos que encaminhar esses recursos para as empresas que foram habilitadas. Se as empresas que foram habilitadas entenderem que precisam apresentar contrarrazões, elas terão mais cinco dias úteis. Ou seja, na metade de setembro, deveremos ter uma resposta para o caso”, informou Fernando Melo da Silva, Gestor de Análise Procedimental.

Na primeira licitação, a obra foi avaliada em R$ 1.560.503,51. Como a empresa não concluiu os trabalhos, só parte desse valor foi aplicada na execução. Para essa nova licitação, estão previstos R$ 731.699,19. Valor que será investido na conclusão da parte estrutural e no acabamento da edificação.

“No edital, há um prazo para que a empresa vencedora cumpra com o cronograma da obra. Se não houver nenhum impedimento, inclusive relacionado à previsão de tempo, que muitas vezes acontece, a creche deverá ser concluída em cinco meses”, reiterou Fernando Melo da Silva.

Comentários