Definido: Hospital São Camilo será doado aos Camilianos

 
A decisão já foi tomada. Faltam, apenas, alguns detalhes, para que o Hospital São Camilo, de Imbituba, deixe de ser comandado pelas Irmãs Beneditinas da Divina Providência e passe para a administração da Província Camiliana Brasileira. A entidade, que também faz parte da Igreja Católica, tem sede em São Paulo.

A preocupação do Poder Executivo Municipal é com relação à manutenção do serviço que é prestado à população pelo do Sistema Único de Saúde (SUS). Em reunião, realizada na tarde desta segunda-feira (22), o Prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, reiterou que esse tipo de atendimento não pode ser interrompido.
 
“O Hospital São Camilo é responsável, há décadas, pelo atendimento SUS. E o que a gente quer garantir para a nossa população é, justamente, essa continuidade. O que a gente não pode deixar acontecer, é que haja qualquer problema no atendimento SUS em nosso município”, ratificou o prefeito.
 
Segundo a Irmã Célia Volpato, administradora da unidade, mesmo com as contas equilibradas, o hospital precisa de melhorias, mas a entidade filantrópica não dispõe de recursos para o investimento. Com relação aos atendimentos que são prestados pelo SUS, a gestora garantiu na reunião, que eles serão mantidos.
 
“Essa é uma das exigências nossas, que constará no contrato. Queremos dar continuidade à assistência aos menos favorecidos da cidade”, reiterou a Irmã Célia Volpato, que, na próxima quinta-feira (25), definirá a doação da entidade à Província Camiliana Brasileira.
 
Na reunião, também esteve presente, o vereador Eduardo Faustina. O representante do Poder Legislativo reforçou a importância do serviço que é prestado pelo hospital à população de Imbituba. Segundo ele, mesmo com a troca de administração, é fundamental que a filantropia seja mantida.
 
“Ficou bem claro, na reunião, que a continuidade do serviço filantrópico será condição necessária para que a nova entidade assuma a administração. A irmã disse, ainda, que essa mudança irá garantir mais investimentos para a unidade. A gente sabe que isso é importante. Por isso, faremos a nossa função, que é fiscalizar cada passo desse processo”, informou o vereador Eduardo Faustina.

Comentários