Focos do Aedes aegypti são eliminados em Imbituba


O trabalho realizado pelas Agentes da Vigilância Epidemiológica de Imbituba, desde o mês de junho, surtiu efeito. Em cinco meses, percorrendo os bairros e fiscalizando as residências, elas conseguiram zerar o número de focos do Aedes aegypti no município.


Esse ano, 15 focos foram registrados em Imbituba e colocaram a cidade em estado de alerta. Sete deles, só no bairro Portinho da Vila. No local, foi necessário até um mutirão de limpeza em quintais e terrenos baldios. As Agentes Endemias também encontraram focos do mosquito a dengue em Nova Brasília, Campo da Aviação, Vila Nova e Araçatuba.

“Hoje estamos sem nenhum foco, negativamos todos. Isso, graças às ações coletivas de todo o Poder Executivo. Foram ações de conscientização importantes que surtiram efeito. Fizemos, inclusive, um mapeamento aéreo de toda a cidade, para monitorarmos com exatidão os locais que necessitam de mais atenção”, disse a Secretária de Saúde, Graciela Wiemes Ribeiro.

Mesmo com a eliminação de todos os focos de Aedes aegypti, a Secretaria de Saúde de Imbituba se mantém em vigilância, principalmente, com a chegada do verão. É nessa época que o surgimento de novos focos do mosquito da dengue se torna mais comum.

“A gente sabe que se livrar do Aedes aegypti não é tarefa fácil. Por isso, para evitarmos o aparecimento de novos casos, precisamos fazer a nossa parte. Cada um é responsável pelo seu terreno e pelos materiais armazenados que podem acumular água parada”, alertou o Prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior.

Segundo a secretária Graciela Wiemes Ribeiro, com sete agentes de endemias trabalhando diariamente, foi feita uma varredura em todo o município. Mas, mesmo com a eliminação de todos os focos, a vigilância continua e a contribuição da comunidade é muito importante no combate ao Aedes aegypti.

Comentários