Imbituba se prepara para a companha “Dezembro Vermelho”

 
Com objetivo de promover a conscientização sobre prevenção ao HIV e a AIDS, o município de Imbituba inicia no próximo sábado (01), a campanha “Dezembro Vermelho”. A ação, desenvolvida pelo Programa Municipal de IST\HIV\AIDS e Hepatites Virais, tem o intuito de chamar atenção para as medidas de prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos humanos das pessoas que vivem com o HIV.
 
A estimativa da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE) é que, diariamente, mais de 7.000 pessoas sejam infectadas pelo HIV no mundo. Em Santa Catarina são 2.000 novas infecções anuais. E, em Imbituba, a média chega a quatro novos casos por mês desde 2017.
 
No dia mundial de luta contra a AIDS, que será celebrado no sábado, dia primeiro de dezembro, a Secretaria de Saúde de Imbituba irá alertar para o crescimento no número de casos de infecções pelo HIV, especialmente entre os adultos jovens.
 
“Além da prevenção, e muito importante à informação sobre o HIV. Essa é uma doença que tem tratamento, porém, ainda não há cura. O uso do preservativo, para qualquer tipo de relação sexual, é indispensável. É uma forma simples e segura de proteção do HIV e de outras Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST)”, alertou a Secretária de Saúde de Imbituba, Graciela Wiemes Ribeiro.
 
Desde que esse tipo de infecção passou a ser de notificação obrigatória, o número de casos envolvendo pessoas entre 20 e 34 anos saltou de 757, em 2014, para 1.080, em 2016. Isso corresponde a 54% do total de casos de HIV registrados no estado no ano passado, de acordo com os dados da Diretoria de Vigilância Epidemiológica da SES/SC.
 
“Esses dados indicam duas realidades distintas. Por um lado, estamos ampliando o diagnóstico precoce do HIV, a partir da maior adesão de gestores, profissionais de saúde e cidadãos ao Teste Rápido. Por outro, comprovamos que a maioria das pessoas continua se descuidando da prevenção”, informou a gerente do programa DST/AIDS/DIVE/SES de Santa Catarina, Dulce Quevedo.

Comentários