Poder Executivo deu mais um passo rumo à liberação da área para o projeto social do professor Bananinha


Uma reunião na sede da Superintendência do Patrimônio da União (SPU), em Florianópolis, na tarde desta terça-feira (20), tratou da liberação de uma área na Praia do Porto, em Imbituba, para a construção da sede do projeto social “Educar para a Vida”, do professor Leandro Elias, o Bananinha.

Na Capital do Estado, estiveram reunidos com os representantes da SPU, o Prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, o Secretário do Meio Ambiente (SEMA), Paulo Márcio de Souza, o Diretor de Mídias Digitais, Norton Evaldt, e o Assessor Jurídico do município, Luiz Henrique Genovez.

Durante a reunião, ficou acertado que a Poder Executivo deverá formular um processo, requerendo junto a SPU, a cessão da área junto a Praia do Porto. Mas, para que o Órgão Federal libere o espaço para a construção da sede, será necessário que o município apresente uma série de documentos, entre eles, um projeto básico, um projeto para a cessão de uso e um memorial descritivo.

“A gente precisa da cessão de uma área, que é uma faixa de Marinha, para a construção do projeto social do professor Bananinha, aliado a um posto de salva-vidas. Então, por serem de utilidade pública, nós juntaríamos os dois serviços naquele espaço. Mas, para isso, nós precisamos da autorização da SPU. Nós mostramos o projeto e a nossa intenção. Vale lembrar que a área não será doada, mas sim cedida ao município, dentro do que as leis ambientais permitem”, disse o Prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior.

Comentários